No próximo dia 27 de abril realiza-se a conferência internacional “Emerging Infectious Diseases and related environmental, clinical and translational challenges”, ou “Doenças infecciosas emergentes e respetivos desafios ambientais, clínicos e translacionais” em portugês, no âmbito da Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia e em colaboração com o Laboratório Europeu de Biologia Molecular (European Molecular Biology Laboratory, EMBL, no original).

A sessão de abertura, agendada para as 09h00, contará com as intervenções do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, da Diretora Geral do Laboratório Europeu de Biologia Molecular, Edith Heard, e da Comissária Europeia para a Inovação, Investigação, Cultura, Educação e Juventude, Mariya Gabriel. A iniciativa desenrola-se ao longo de todo o dia e vai contar com várias sessões e mesas redondas (programação completa aqui), nas quais especialistas de todo o mundo vão abordar temas relacionados com biologia molecular e doenças infecciosas, imunidade, epidemiologia, vacinas e o impacto da atual pandemia para o futuro. A sessão de encerramento acontece pelas 17h30 e estará a cargo da Presidente da Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), Helena Pereira, e do Reitor da Universidade de Coimbra, Amílcar Falcão.

Ao reunir os principais especialistas internacionais, a conferência pretende mostrar o progresso que a comunidade científica alcançou no combate à pandemia de SARS-CoV-2 e discutir a importância da infraestrutura científica e do financiamento da investigação. O progresso feito no desenvolvimento de vacinas: da história de sucesso ligada aos novos avanços tecnológicos na área, aos aspetos de segurança e à importância de ganhar a confiança do público para que as vacinas sejam eficazes, serão temas em destaque. As lições aprendidas e o planeamento futuro na preparação da resposta a doenças infeciosas emergentes desconhecidas farão também parte da agenda, com uma discussão para o público em geral sobre os assuntos prementes de saúde pública que surgiram como resultado da pandemia de SARS-CoV-2.

O evento, totalmente gratuito, decorrerá em modo online via web app do evento. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas aqui.

A iniciativa resulta dos esforços conjuntos entre a Universidade de Coimbra, o Centro para a Inovação em Biotecnologia e Biomedicina (CIBB) da UC, o EMBL, a Agência de Investigação Clínica e Inovação Biomédica (AICIB), a Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT) e o Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

 

Todas as informações sobre a conferência estão disponíveis no site https://www.uc.pt/en/2021PortugalEU/EIDConference.

 

 

Milene Santos

Redes Sociais

Os comentários estão fechados

« »