Incêndios: Saúde Pública e Segurança Alimentar

Jun 20, 2018

“Doar alimentos em segurança em contexto de calamidade”, “Alimentação no combate a incêndios: que preocupações?” e “contaminação da cadeia alimentar com dioxinas” são alguns dos temas que vão estar em discussão.

PartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someone

seminário saúde pública incêndios DR
Fotografia: © DR

No próximo dia 26 de junho, a Faculdade de Farmácia da Universidade de Coimbra (FFUC) acolhe o seminário “Incêndios: Saúde Pública e Segurança Alimentar”.

Promovido pelos Serviços de Ação Social da Universidade de Coimbra (SASUC) em parceria com a FFUC, o evento reúne docentes e técnicos das entidades organizadoras, bem como representantes da Direção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV), do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge, da Universidade do Porto, do Instituto Superior de Engenharia do Porto e da empresa Água das Caldas de Penacova, SA.

será uma oportunidade ímpar para a comunidade académica e a sociedade em geral discutirem a problemática dos incêndios florestais

“Doar alimentos em segurança em contexto de calamidade”, “Alimentação no combate a incêndios: que preocupações?” e “contaminação da cadeia alimentar com dioxinas” são alguns dos temas que vão estar em discussão.

Segundo a Administradora dos Serviços de Ação Social da UC, Maria da Conceição Marques, «esta será uma oportunidade ímpar para a comunidade académica e a sociedade em geral discutirem a problemática dos incêndios florestais, nas dimensões Saúde Pública e Segurança Alimentar, contribuindo para o aumento do conhecimento disponível e auxiliando na tomada de decisões mais informadas.»

A sessão de abertura do seminário realiza-se às 10 horas, com a presença de João Gabriel Silva, Reitor da UC; Francisco Veiga, Diretor da Faculdade de Farmácia da UC; Angelina Pena, Coordenadora do Mestrado em Segurança Alimentar da FFUC; Maria da Conceição Marques, Administradora dos SASUC; Graça Mariano, Subdiretora Geral de Alimentação e Veterinária; e Fernando Almeida, Presidente do Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge.

 

Cristina Pinto

Redes Sociais

Os comentários estão fechados

« »