Amanhã e sábado (dias 30 e 31), a Universidade de Coimbra organiza, em parceria com a Universidade de Genebra, o Centro de Estudos Sociais da UC e o Institute of Research and Action on Fraud and Plagiarism in Academia (IRAFPA), o “Colóquio Internacional sobre Pesquisa e Ação em torno da Integridade Académica”.

O debate, apoiado pela Agence Universitaire de la Francophonie (AUF), vai reunir académicos de várias áreas científicas e profissionais que, nas diversas esferas de intervenção, se preocupam em combater as diferentes formas de fraude e de corrupção que comprometem a integridade académica. A iniciativa em formato digital (com alguns participantes em sala, em Coimbra, com presenças restritas – no cumprimento das orientações das autoridades de saúde) pode ser acompanhado online, através do endereço https://ic-raai.eventqualia.net/.

Neste encontro, vão ser debatidas questões relativas às abordagens jurídicas do plágio; às estratégias de formação dos estudantes em matéria de integridade; às experiências de vítimas de plágio e de violação da integridade; à relação entre tecnologias, exames online e fraude (designadamente nas questões de natureza ética e pedagógica); à importância da ciência aberta para a promoção da integridade; ao auto-plágio; ao uso de softwares de prevenção de plágio; às questões relativas às responsabilidades sociais das universidades em matéria de integridade; ao desenvolvimento de condutas institucionais responsáveis; à certificação das universidades no campo dos quesitos da integridade; e ao papel dos editores e das publicações científicas na promoção de uma cultura de honestidade.

O evento inclui ainda a realização de uma mesa redonda que reúne responsáveis por redes e plataformas que fomentam a ética e a integridade na pesquisa e no ensino e a realização de duas oficinas sobre dispositivos institucionais e sobre transferência de conhecimentos no domínio da integridade académica.

O programa completo do colóquio pode ser consultado em https://www.ces.uc.pt/ficheiros2/files/Programme_final_28out.pdf.

Rui Marques Simões

Redes Sociais

Os comentários estão fechados

« »