a carregar...

O livro “O Sangue de Bizâncio. Ascensão e queda do Império Romano do Oriente” (Império Bizantino), com a direção de João Gouveia Monteiro e coautoria de Gustavo Gonçalves, João Paiva, Rodrigo Gomes e João Rafael Nisa, vai ser lançado, no próximo dia 19 de maio, às 11horas, no Anfiteatro IV da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC).

Trata-se de um livro panorâmico sobre a história do Império Romano do Oriente – conhecido como Império Bizantino (séculos IV-XVI), centrado nos aspetos políticos e militares, que pretende facilitar um primeiro contacto com a odisseia milenar da parte oriental do velho Império Romano, derrubado pelos povos bárbaros no século V.

Segundo os autores, “é um livro de iniciação a um tema quase esquecido pelos historiadores e pelos programas universitários portugueses. E uma porta de entrada num mundo único e fascinante – o do império cor de púrpura, que os Turcos Otomanos acabariam por conquistar em 1453”.

João Gouveia Monteiro é Professor Associado com Agregação da FLUC, Investigador do Centro de História da Sociedade e da Cultura e Académico Correspondente da Academia Portuguesa da História. Especialista em história político-militar antiga e medieval europeias, é autor de mais de uma centena de artigos e livros, publicados ao longo das últimas três décadas. Preside atualmente à Associação Ibérica de História Militar (séculos IV-XVI).

Gustavo Gonçalves, João Paiva, Rodrigo Gomes e João Rafael Nisa são licenciados em História ou em Arqueologia pela FLUC. São formandos do Mestrado Interuniversitário de História Militar e todos eles dedicam as suas dissertações ao estudo dos principais tratados militares bizantinos, tendo João Rafael Nisa já defendido a sua tese.

Redes Sociais

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


*

« »

oo