O grupo de trabalho constituído por investigadores do Centro de Investigação e Inovação em Ciências Dentárias (CIROS), da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra (FMUC), da Unidade de Investigação em Ciências Orais e Biomédicas (UICOB), da Faculdade de Medicina Dentária da Universidade de Lisboa e do Centro de Investigação Bone Lab da Faculdade de Medicina Dentária da Universidade do Porto e que também teve a participação da Universidade Complutense de Madrid e de outros profissionais, efetou a publicação de um trabalho científico intitulado “Normas de orientação clínica para Medicina Dentária”, dirigido ao contexto da pandemia.

Este trabalho, disponível no site www.covid19md.pt, teve como objetivo a elaboração de orientações baseadas no conhecimento científico disponível visando a disseminação de boas práticas nos locais onde se exerça a atividade de Medicina Dentária, em todas as suas vertentes, no atual contexto e com particular enfoque no reinício para uma plena atividade.

De salientar que a atividade de Medicina Dentária se encontra suspensa por imposição legal, sendo que os profissionais apenas podem atuar em situações urgentes ou inadiáveis.

Este trabalho, segundo os coordenadores do CIROS e do UICOB, Fernando Guerra e António Mata, respetivamente, pretende a “apresentação e difusão de normas de orientação clínica para a segurança nos procedimentos clínicos e no espaço de exercício profissional de Medicina Dentária” e que “se trata de uma contribuição científica para dilatação do conhecimento sobre o exercício profissional no contexto da COVID 19 pretende servir os seus destinatários”.

Esta publicação, além da divulgação junto dos profissionais da área, foi também enviada à Ordem dos Médicos Dentistas e à Direção-Geral de Saúde.

 

COVID-19 MD

Redes Sociais

Os comentários estão fechados

« »