Universidade de Coimbra, Alta e Sofia: cinco anos de Património Mundial

Jun 22, 2018

Conheça toda a programação do Sons da Cidade, de 22 a 24 de junho. Venha celebrar connosco!

PartilheShare on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Email this to someone

SC

A 22 de junho de 2013 a Universidade de Coimbra, Alta e Sofia entrava na lista de Património Mundial da UNESCO. Cinco anos depois a efeméride é assinalada com uma programação à altura, inserida como é habitual no Sons da Cidade.

Hoje, dia 22, às 12h00, no Paço das Escolas, é inaugurado o memorial evocativo da atribuição da classificação. Pouco depois, pelas 14h30, no anfiteatro 3 do Colégio de São Bento, junto ao Jardim Botânico, acontece uma conversa em torno do “Património Mundial – Universidade de Coimbra, Alta e Sofia”. A sessão conta com a participação de António Sampaio da Nóvoa, Representante de Portugal junto da UNESCO; José Filipe Moraes Cabral, Presidente da Comissão Nacional da UNESCO e Walter Rossa, da Cátedra “Diálogo Intercultural em Patrimónios de Influência Portuguesa”. A moderação estará a cargo do Reitor da UC, João Gabriel Silva. No mesmo local, às 16h00, é apresentado o Mapa Use-It Coimbra.

Mais para o fim do dia decorre a apresentação pública de “Jungle Red”, um laboratório de criação e composição coreográfica com conceção e direção artística de Carlota Lagido. Para ver, às 18h30, no Jardim Botânico da UC. A fechar o dia não perca, pelas 21h30, “Universidade de Coimbra, Alta e Sofia: Vamos Descobrir”, um filme de Ilyas Kaduji e Tiago Figueiredo, com exibição no TAGV.

Amanhã, pode participar em duas visitas guiadas: às 10h00 a visita “O Património Mundial do Estado Novo”, com início na Faculdade de Letras; e às 15h00 a visita “Colégios Universitários da Alta”, com ponto de encontro no Largo D. Dinis. Ambas as iniciativas requerem inscrição. Da parte da tarde, pelas 16h30, continuamos pelas ruas com “Alta(s) Histórias Soltas”, que propõe, através de códigos QR colocados nas fachadas de algumas casas, conhecer as suas histórias em formato áudio. A visita começa no Largo de S. Salvador e repete no domingo à mesma hora.

“Já só o vento canta”, uma performance deambulatória pela Alta de Coimbra, é a proposta para amanhã, às 18h30, no Colégio de S. Bento. O espetáculo repete no domingo no mesmo horário. À noite junte-se à Festa Junina com Forró, no Largo do Poço.

Ainda amanhã, a partir das 21h00, não pode deixar de passar pelo Museu da Ciência da UC e participar na “Noite da Memória”. Numa altura em que as festas dos santos populares invadem a Alta de Coimbra, o Museu abre as portas e atividades não vão faltar, desde teatro, a exposições, observações astronómicas, entre outros.

No domingo, a partir das 16h00, a Trincheira Teatro promove um ensaio aberto de “Sofia, Meu Amor”, espetáculo inserido no projeto ARTÉRIA que estreia a 30 de junho. Para ver na Rua de Sofia.

As celebrações terminam ao som de Adriana Calcanhotto e do seu concerto “A Mulher do Pau-Brasil”. A Embaixadora da Língua Portuguesa da Universidade de Coimbra sobe ao palco do TAGV às 21h30. Bilhetes disponíveis aqui.

Entre os dias 22 a 24, pode deliciar-se com o melhor da gastronomia da nossa cidade e embarcar no Roteiro Gastronómico Sons da Cidade. O convite passa por percorrer o Centro Histórico de Coimbra e entrar num dos 47 restaurantes, pastelarias e cafés aderentes. A iniciativa é uma parceria com a Agência para a Promoção da Baixa de Coimbra.

Estas são apenas algumas das muitas atividades programadas para os próximos dias. Não perca nada do que se vai passar e acompanhe todos os eventos na página de facebook do Sons da Cidade.

 

Milene Santos

Redes Sociais

Os comentários estão fechados

« »