Institucional

FMUC e CHUC mais próximos com o objetivo de "tratar pessoas e não dentes"

A FMUC viu acontecer um “momento histórico” ao celebrar um protocolo com o CHUC no âmbito da atividade clínica na área da estomatologia e do ensino na Área de Medicina Dentária.

22 setembro, 2022≈ 3 mins de leitura

© UC | Paulo Amaral

31 anos, sete meses e 26 dias após a inauguração das instalações da Medicina Dentária da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra (FMUC), sempre partilhadas com o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC), foi assinado um protocolo formal que estabelece o cumprimento claro de cada uma das partes. Um momento "único da nossa história", sublinha o coordenador do Mestrado Integrado em Medicina Dentária da FMUC, Francisco Vale. “Não tratamos dentes, tratamos pessoas”, defende o responsável que acredita que o protocolo vai garantir uma maior “racionalização de meios, humanos e patrimoniais, inseridos neste ensino”.

O acordo vai “poder regular toda a atividade e partilha do espaço, que é do CHUC”, salientou Carlos Robalo Cordeiro. Para o diretor da FMUC, o momento marca “a resolução de uma questão tão antiga quanto a medicina dentária em Coimbra”. O responsável destaca a gestão das atividades, do espaço, à possibilidade de permitir, formalmente, o acesso aos dados clínicos do CHUC aos colegas da FMUC.

Enquanto um hospital universitário, para o CHUC, “a relação com a FMUC é nuclear”, defende o presidente do CHUC, Carlos Santos. Para além disso, o responsável recorda que “as instalações onde funciona a medicina dentária [da UC] está neste campus hospitalar”. Para suprimir uma “necessidade de décadas e criar condições para partilha de espaços comuns com clara definição de responsabilidades entre a UC e o CHUC” o protocolo agora assinado vai, por isso, “resolver uma lacuna de décadas”, garante Carlos Santos.

“Temos uma identidade muito própria, diferenciadora, em relação às ofertas de medicina dentária no País”, acrescentou o Reitor da UC, Amílcar Falcão. De acordo com o responsável, “a componente académica e clínica do protocolo vem colmatar lacunas que existiam, assegurando o futuro do normal funcionamento do mestrado integrado”.

O acordo que estabelece os termos da cooperação entre a UC e o CHUC no âmbito da atividade clínica na área da estomatologia e do ensino na Área de Medicina Dentária da FMUC, nas suas vertentes teórica, prática e clínica, numa ótica de racionalização de recursos e de salvaguarda do interesse público, quer ainda fortalecer os laços de colaboração entre as duas instituições e foi assinado pelo Reitor da UC, Amílcar Falcão, pelo Presidente do Conselho de Administração do CHUC, Carlos Santos, pelo Diretor da FMUC, Carlos Robalo Cordeiro, e pelo Membro do Conselho Diretivo do consórcio Centro Académico Clínico de Coimbra, Joaquim Murta.

Após a sessão, que decorreu no edifício de Medicina Dentária/Estomatologia do CHUC, decorreu o descerramento de uma placa a assinalar a data.