Goreti Sales, professora e investigadora do Departamento de Engenharia Química da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, foi distinguida na lista de “Campeões Nacionais” do recém-criado Conselho Europeu de Inovação (European Innovation Council, EIC). A nomeação, que premeia o envolvimento em projetos de inovação e investigação e desenvolvimento, torna os cientistas escolhidos embaixadores do EIC, organismo criado no âmbito do programa Horizonte Europa para identificar, desenvolver e implantar tecnologias revolucionárias e inovações disruptivas.

A cientista da UC recebe esta distinção (numa lista de “Campeões Nacionais” do Conselho Europeu de Inovação, que abrange personalidades da academia, indústria e sociedade civil de toda a União Europeia) depois de ter estado ligada a destacados projetos europeus de inovação e investigação, na área do desenvolvimento de materiais e de biossensores disruptivos. E vê-a como um incentivo para o futuro, no momento do lançamento do Conselho Europeu de Inovação que será apresentado em Portugal amanhã (dia 23): “Não entendo esta nomeação como um reconhecimento, mas sim como uma missão, para promover a realização de projetos de inovação e de traslação do conhecimento da academia para a sociedade”, afirma Goreti Sales.

Lançado oficialmente, pela Comissão Europeia, a 18 de março, o Conselho Europeu de Inovação é uma das grandes novidades do Horizonte Europa (o atual Programa-Quadro de Investigação e Inovação da União Europeia). Com um orçamento de 10 mil milhões de euros para o período 2021-2027, o EIC vai apoiar as empresas em fase de arranque, as pequenas e médias empresas e as equipas de investigação que desenvolvam inovações revolucionárias de alto risco e elevado impacto, com especial destaque para projetos que possam contribuir para os objetivos do Pacto Ecológico Europeu e do Plano de Recuperação da Europa.

Para além de Goreti Sales, compõem a lista de “Campeões Nacionais” portugueses do EIC Marta Baptista (transformation engineer da With Company), Miguel Castanho (professor do Instituto de Medicina Molecular da Universidade de Lisboa), Carlos Oliveira (presidente executivo da Fundação José Neves), José Fernando Ramos de Figueiredo (membro do Comité de Investimento do Fundo de Equidade do CEI) e André Mão de Ferro (cofundador e executive manager da C2C-NewCap).

 

Rui Marques Simões

Redes Sociais

Os comentários estão fechados

« »