Mais um grupo das plantas adotadas pelos estudantes da Universidade de Coimbra (UC), no início dos anos letivos 2017/18 e 2018/19 – ao abrigo do programa UC.Plantas, promovido pelo Jardim Botânico – vai encontrar uma nova casa. Cerca de 1000 exemplares (carrasco, carvalho negral e pinheiro manso) vão ser entregues ao Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) para serem plantados em espaços verdes da região.

Esta iniciativa surge depois de ter sido promovida em fevereiro, pela UC, uma primeira ação de reflorestação: então, 500 pequenas árvores foram usadas para replantar a quinta do Palácio de São Marcos (um espaço verde a cargo da Universidade de Coimbra), após os estragos provocados por um incêndio florestal (2017) pela passagem da tempestade Leslie (2018).

O projeto UC.Plantas foi lançado início de 2017/18. Como parte das atividades de receção dos novos estudantes, os alunos foram convidados a adotar e cuidar, durante o ano letivo, de uma planta da flora nativa do territorial nacional (carrasco, carvalho negral, medronheiro, pilriteiro, pinheiro manso, sobreiro, tramazeira e zêlha) sob supervisão do Jardim Botânico da Universidade de Coimbra (JBUC). A iniciativa de promoção da biodiversidade repetiu-se no arranque de 2018/19. Até ao momento foram mais de 800 os alunos que que aceitaram o desafio, fortalecendo os laços com o JBUC, que vão contactando para esclarecer todas as dúvidas sobre a melhor forma de cuidar das espécies a seu cargo.

 

Rui Marques Simões

Redes Sociais

Os comentários estão fechados

« »