Mérito

Alumna da UC reconhecida nas Top 100 Women in Social Enterprise

08 março, 2021≈ 4 mins de leitura

© DR

Alumna Mariana Alves acaba de ser reconhecida num ranking internacional de empreendedorismo social, que destaca 100 mulheres que têm tido um impacto positivo significativo no sector do empreendedorismo social europeu. O “Top 100 Women in Social Entreprise” é promovido pela Euclid Network (European Network for Social Enterprises and Impact-Driven Leaders), apoiado pela Comissão Europeia, e foi anunciado a 8 de março. São seis as portuguesas na lista.

A cientista portuguesa, licenciada em Bioquímica na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra e atualmente estudante de doutoramento no EMBL, na Alemanha, foi selecionada como Inovadora Social pelo seu papel como co-fundadora do projeto Cartas com Ciência, uma iniciativa da qual a Universidade de Coimbra é parceira.

O reconhecimento da Euclid Network é, para Mariana Alves, “uma honra”. “Vejo esta seleção como um reconhecimento do potencial da Cartas com Ciência para levar a uma mudança positiva na sociedade e uma celebração do que já alcançámos com o apoio incondicional e estimulante da Native Scientist”, sublinha.

Tal como Mariana Alves, a co-fundadora da Native Scientist, projeto-mãe da Cartas com Ciência, Joana Moscoso, foi também nomeada para o Top 100 da Euclid Network, mas por causa de outro projeto que criou, o Chaperone. A antiga estudante da UC acredita que “é ainda mais entusiasmante fazer parte desta lista por incluir a Joana Moscoso, que é uma mentora muito generosa, e que foi quem me nomeou, em conjunto com o meu incrível co-fundador e co-director Rafael Galupa”. Para o futuro, Mariana Alves não tem dúvidas, “mal posso esperar para aprender e estabelecer ligações com as mulheres inspiradoras que fazem parte desta rede.”

O projeto Cartas com Ciência, co-fundado por Mariana Alves e Rafael Galupa, e lançado em maio de 2020, é um programa educacional de troca de cartas que visa inspirar crianças de comunidades desprivilegiadas em países de língua portuguesa a considerar o ensino superior e carreiras científicas.

Com a Cartas com Ciência, já trocaram cartas quase uma centena de alunos em São Tomé, Timor Leste e Portugal, e foram formados mais de 400 cientistas para participar no programa. Atualmente, a Cartas com Ciência está à procura de mais cientistas correspondentes, particularmente de Timor-Leste, dos Países Africanos de Língua Portuguesa, e das Ciências Sociais e Humanas.

Saiba mais sobre o projeto e a ligação com a UC aqui.

 

Para além de Mariana Alves, pelo seu trabalho na Cartas com Ciência, e de Joana Moscoso pelo projeto Chaperone, foram ainda distinguidas Joana Moreira, do Movimento Transformers, Helena da Silva, do Vintage for a Cause, Isabel Rosado, dos Palhaços d’Opital, e Paula Valente, do Instituto Português da Afasia – IPA.

Pode saber mais sobre esta lista em https://euclidnetwork.eu/portfolio-posts/euclid-network-top-100-women-in-social-enterprise/

Partilhe