Cultura

Alunos de Arquitetura da UC idealizam futura estação de comboios em Coimbra

Os resultados podem ser vistos na exposição “Comboio da Meia-Noite”, inserida na Bienal AnoZero'21-22.

26 maio, 2022≈ 2 mins de leitura

© DR

“Comboio da Meia-Noite” responde ao desafio que o Departamento de Arquitetura da Universidade de Coimbra (DARQ/UC) colocou aos seus alunos de mestrado: apresentar três propostas para a futura Estação Ferroviária de Coimbra.

Os projetos desenvolvidos estarão expostos a partir das 15 horas do próximo sábado, dia 28 de maio, na Lufapo Hub (no Loreto, junto à Linha do Norte).

O desafio, inserido na Bienal de Arte Contemporânea de Coimbra 2022, surge numa altura em que as autoridades nacionais e municipais estudam a transformação da linha Porto-Lisboa. Em causa está a introdução da Alta Velocidade, no sentido de voltar a ligar a cidade ao centro da Europa.

Os alunos partiram de três localizações possíveis, propostas pelo DARQ: área da atual Estação Coimbra B; no limite urbano do Loreto; e nos Campos do Mondego.

Os trabalhos estão abertos à reflexão pública, em especial no dia 2 de junho, às 18 horas. O tema "Infraestrutura e Mobilidade como Desenvolvimento" junta, em debate, o Secretário de Estado da Mobilidade Urbana, Jorge Delgado, o Professor Catedrático da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, José Reis e a Vereadora do Urbanismo da Câmara Municipal de Coimbra, Ana Bastos.

Partilhe