Serenata à chuva no arranque da Festa das Latas 2014

Out 15, 2014

PartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterEmail this to someone

Serenata Festa das Latas
A Serenata da Latada foi interpretada pelos grupos da Secção da Fado da AAC
Fotografia: © UC | Mariana Ribeiro

Nem a chuva impediu que milhares de estudantes se dirigissem ao Largo da Sé Nova para dar as boas vindas ao novo ano letivo. O tradicional som das guitarras e do fado de Coimbra ecoou pela Alta Universitária dando assim início à Festa das Latas e Imposição de Insígnias de 2014.

À meia-noite de terça para quarta-feira, na Serenata da Festa das Latas, afilhados e afilhadas refugiaram-se debaixo da capa dos padrinhos e madrinhas para ouvir, muitos pela primeira vez, o Fado de Coimbra a cantar a saudade na cidade do conhecimento. A Serenata foi cantada e tocada de estudantes para estudantes. Os grupos da Secção de Fado da Associação Académica de Coimbra “Mensagem”, “In Illo Tempore” e “Amanhecer” emocionaram os estudantes de capa e batina que, apesar de a chuva não dar tréguas, inundaram o coração da Alta.

A festa continuou um pouco por toda a cidade. E não apenas de estudantes encheu a Alta, vários comerciantes aproveitaram para espalhar o sabor salgado das castanhas e o doce das pipocas, a acompanhar a festa.

A partir de hoje, 15 de outubro, há concertos, todas as noites, no Parque da Canção. Leia aqui mais sobre a programação da Festa das Latas 2014.

 

(Reportagem realizada por Ana Zayara e Mariana Ribeiro, voluntárias PIMC, e Helena Grilo, estagiária PIMC)

 

Redes Sociais

3 comentários a Serenata à chuva no arranque da Festa das Latas 2014

  1. Diogo Fonseca diz:

    Como membro do grupo de fado Mensagem da Secção de Fado da Associação Académica de Coimbra, não posso deixar de demonstrar o meu total desagrado pela falta da referência à nossa participação na Serenata da Festa das Latas e Imposição de Insígnias de 2014, na qual fomos o primeiro grupo de fado a atuar. De salientar que a fotografia anexa à notícia foi tirada durante a atuação do grupo de fado Mensagem!

    • PIMC diz:

      Caro Diogo,
      Muito obrigado pela lembrança, o texto já foi corrigido.
      Atenciosamente,
      PIMC

    • Quem sabe sabe diz:

      Não te preocupes Diogo. Tenho a certeza que a falha não é de quem escreveu a notícia. Antes é, com toda a certeza, de quem (des)informou as repórteres. É o chamado síndrome do cão pequeno.

« »