a carregar...

UC apoia com 3500 euros o projeto “Há Baixa” na requalificação de espaços na Baixa de Coimbra

Jun 12 • Sem comentários em UC apoia com 3500 euros o projeto “Há Baixa” na requalificação de espaços na Baixa de Coimbra

O projeto "Há Baixa" prepara-se para requalificar, pelo segundo ano consecutivo, espaços comerciais e habitacionais, localizados na Baixa de Coimbra.

PartilheShare on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Email this to someone

HAB1 - Largo do Romal Actividade4
O Projeto "Há Baixa" é promovido por estudantes de diversos cursos da Universidade de Coimbra cujo lema é: “experimentar e praticar ajudando”

A Universidade de Coimbra vai apoiar com 3500 euros a segunda edição do projeto “Há Baixa”, que se prepara para requalificar, pelo segundo ano consecutivo, espaços comerciais e habitacionais, localizados na Baixa de Coimbra, que precisam de intervenção.

O Projeto “Há Baixa” é promovido por estudantes de diversos cursos da Universidade de Coimbra cujo lema é: “experimentar e praticar ajudando”. As premissas do projeto passam por promover a atividade prática como complemento fundamental do ensino, trabalhar a partir do conceito de participação com a comunidade, o conceito de trabalho em rede, e ter a cidade como caso de estudo e foco da atividade.

Em 2016, o projeto “Há Baixa”, com a ajuda do apoio material de diversas empresas, requalificou quatro espaços localizados na Baixa de Coimbra: Casa do Sr. Jorge (ver galeria fotográfica), Papelaria Sim-Sim (ver galeria fotográfica), Atelier de Costura da D. Glória (ver galeria fotográfica) e Pátio-Jardim da Associação das Cozinhas Económicas (ver galeria fotográfica).

Para a edição 2017, estão planeadas intervenções no espaço da Associação Casa Medieval e na casa do artesão chileno Milo. O projeto “Há Baixa” planeia ainda desenvolver o conceito de ocupação temporária na Baixa de Coimbra, com o objetivo de trabalhar sobre os espaços comerciais sem uso, e intervir em diversas bancas de comércio de Rua.

O projeto “Há Baixa” prepara-se ainda para dinamizar os largos da Fornalhinha e Adro de Baixo no âmbito da edição deste ano do “Sons da Cidade” (mais sobre o “Sons da Cidade” aqui).

 

 

 

 

Texto de: F. Fernandes

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Redes Sociais

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


*

« »

oo