a carregar...

De Erasmus a Eramus+, 30 anos do programa de mobilidade europeu celebrados na UC

Mai 26 • 1 comentário em De Erasmus a Eramus+, 30 anos do programa de mobilidade europeu celebrados na UC

Para assinalar os 30 anos do programa de mobilidade Erasmus, a Universidade de Coimbra vai encher-se de Europa. Um evento a não perder, a 1 de junho, a partir das 18h30, no Largo da Porta Férrea.

PartilheShare on Facebook0Tweet about this on Twitter0Share on Google+0Email this to someone

30 anos de Erasmus celebrados na UC
Fotografia: © UC

 

No dia 1 de junho, às 18h30m, a Universidade de Coimbra (UC) vai comemorar os 30 anos de existência do Erasmus, programa de mobilidade europeu, com o evento “Erasmus Turns 30 Sunset”. A festa de aniversário decorre no Largo da Porta Férrea e é aberta a toda a comunidade académica e não só.

O objetivo é «juntar todos à volta de um mesmo evento para celebrar um programa reconhecido como o de maior sucesso na União Europeia», afirma Filomena Marques de Carvalho, chefe da Divisão de Relações Internacionais da UC (DRI/UC).

Na Porta Férrea, esperam-se simpatizantes do programa, antigos participantes e todos que estejam a pensar fazer parte da família Erasmus no futuro. Ana Val-do-Rio, da DRI/UC, reforça que «a festa é aberta para todos, pois o programa Erasmus tem impacto para além dos participantes».

A festa vai ter música ambiente, petiscos e animação tradicional de diversos países, bem como vários jogos e brindes Erasmus. A entrada é livre.

A organização do evento Erasmus Turns 30 Sunset está a cargo da Divisão de Relações Internacionais e conta com a colaboração da Direção-Geral da Associação Académica de Coimbra (AAC) e do Erasmus Student Network (ESN) de Coimbra.

Mais informações na página do evento aqui.

 

Nota de Imprensa: Cristina Pinto

Redes Sociais

Um comentário a De Erasmus a Eramus+, 30 anos do programa de mobilidade europeu celebrados na UC

  1. Maria de Lourdes Veloso diz:

    Boa tarde!
    Gostava de compreender, a razão porque tenho um filho, matriculado e a pagar propinas, na UC, estando actualmente em Berlim, ao abrigo do programa Erasmus + a fazer o mestrado integrado em Eng. Fisica.
    Como ele optou por estágio num instituto e não universidade já não tem direito a ir para residência de estudantes, tendo desde janeiro mudado 4 vezes de quarto, o que tem acarretado para ele e para nós, pais grandes preocupações, tendo ele de mês a mês de malas às costas e com 15 dias de antecedência, começar novamente a procurar quarto. É triste falar-se tanto de erasmus e ser tão deficitario e tão mau.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


*

« »

oo