Independência, Imparcialidade e Informalidade são as linhas de Paulo Peixoto para a Provedoria do Estudante da UC

Mai 7, 2019

Docente, que tomou posse como Provedor do Estudante, não escondeu o "entusiasmo" para a nova etapa.

PartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Email this to someone

Posse Paulo Peixoto
Fotografia: © UC | Paulo Amaral

Paulo Peixoto tomou posse como Provedor do Estudante da Universidade de Coimbra (UC) a 6 de maio após decisão unânime “tanto no Senado como no Conselho Geral”, recorda o Reitor da Universidade de Coimbra, Amílcar Falcão. Para o Reitor, o docente da Faculdade de Economia é, assim, uma escolha “que não levanta dúvidas e que nos dá todas as garantias”.

“Consciente da quantidade e da diversidade do trabalho” que o espera, assim como “das responsabilidades que a função exige”, Paulo Peixoto mostrou-se entusiasmado com a tarefa e pronto para por em prática aquelas que considera as três ideias principais de atuação do cargo: “Independência, Imparcialidade e Informalidade”.

“A função de Provedor do Estudante tem forçosamente de ser bem sucedida, uma vez que dela depende, em boa parte, quer o funcionamento democrático da instituição, quer a afirmação da sua matriz identitária enquanto espaço de formação”, explica ainda. Paulo Peixoto considera que o Provedor do Estudante pode assumir o papel de “o rosto humano das instituições”, sem nunca se sobrepor às faculdades ou à Associação Académica de Coimbra.

Amílcar Falcão reforçou a ideia de que, “com as novas tecnologias, têm sido alterada a forma como o conhecimento é disseminado. Os estudanets de hoje são mais exigentes com a informação que circula e temos de estar mais atentos”.

Paulo Peixoto assume o cargo de Provedor do Estudante da UC, lugar previamente ocupado por Rogério Leal, José Luís Afonso e Cristina Albuquerque.

 

Veja algumas fotos da sessão de tomada de posse:

Tomada de Posse do Provedor do Estudante da UC, Professor Paulo Peixoto

 

Marta Costa e Karine Paniza

Redes Sociais

Os comentários estão fechados

« »