Cultura

Exposição O Brain! My Brain! olha para as neurociências através do design computacional

Exposição vai estar patente na Casa das Artes Bissaya Barreto até 25 de fevereiro. A entrada é livre.

23 janeiro, 2023≈ 2 mins de leitura

© UC | Marta Costa

Cerca de duas dezenas de pessoas foram convidadas a realizar a mesma atividade: fazer compras de forma virtual. O resultado da experiência foi transformado em arte. Como? Através de ressonâncias magnéticas, os investigadores captaram dados que mostram a atividade de diferentes regiões do cérebro e foram traduzidas em espirais coloridas e se tornaram na peça "You Spin My Brain Around". Patente na Casa das Artes Bissaya Barreto, é uma das obras que está inserida na exposição O Brain! My Brain!.

Para além de mostrar o funcionamento do cérebro de cada um, o artefacto quer também mostrar as semelhanças e diferenças entre os participantes. A neurodiversidade é, de acordo com a organização, uma das linhas condutoras principais de toda a mostra.

Inês Bernardino conta que, partindo da ideia de "olhar os temas das neurociências do ponto de vista do design computacional, dando uma roupagem diferente", o trabalho apresentado quer aproximar a ciência à sociedade. "Queremos que as pessoas se sintam como parte da neurodiversidade que queremos retratar aqui", explica a coordenadora do projeto. "Sentimos, pensamos e agimos de maneiras diferentes, e alguns dos nossos objetos retratam precisamente isso", sublinha a investigadora da FMUC e do CIBIT-ICNAS da UC.

Num diálogo entre a arte e a ciência, o objetivo do Colectivo Biits.UC, que idealizou o projeto, foi pegar "em dados à partida muito densos e complexos, e tentar interpretá-los através de sistemas, desde a visualização, a sonificação ou mesmo com um objeto mais interativo", explica Mariana Seiça, outra das coordenadoras e investigadora do CMS-CISUC. Os visitantes são assim convidados a ver, com uma roupagem mais artística, o trabalho de dois centros de investigação da Universidade de Coimbra (UC) e, até, do funcionamento do cérebro.

O projeto foi desenvolvido no âmbito do programa de "Promoção da Cultura Científica 2021", promovida pelo Instituto de Investigação Interdisciplinar da Universidade de Coimbra, e que foi um dos premiados. Reuniu um colectivo de colaboração de investigadores da Universidade de Coimbra (CIBIT-ICNAS e CDV Lab-CISUC), intitulado Coletivo Biits.UC, com o objetivo de "olhar para os temas das Neurociências através da perspectiva do Design Computacional".

A exposição vai estar presente na Casa das Artes Bissaya Barreto até 25 de fevereiro. A entrada é gratuíta.

Mais informações e ficha técnica da exposição em https://agenda.fbb.pt/eventos/o-brain-my-brain/

Partilhe